Imagine um equipamento de baixo custo, com tecnologia vestível, capaz de monitorar continuamente as alterações na temperatura corpórea de crianças, sinalizando as alterações, de forma visual e sonora, de febre ou hipotermia. E um equipamento capaz de fazer o tratamento microbiológico de águas de fontes, piscinas, chafarizes, espelhos d’água, de locais públicos, que não recebem o tratamento adequado, para diminuir a proliferação dos mosquitos Aedes Aegypti.

Esses foram alguns dos protótipos apresentados por estudantes do Instituto Federal de São Paulo (IFSP), Câmpus Campinas, nessa quinta-feira (3/8), na abertura da Expo Ensino 2017, cuja programação segue até o dia 13/8, na praça de eventos do Shopping Iguatemi Campinas.

Ao todo, foram apresentados cinco projetos de pesquisa em desenvolvimento no Instituto, no âmbito do projeto WASH! - Workshop de Aficionados em Software e Hardware, realizado em parceria com o Centro de Tecnologia da Informação - CTI Renato Archer. E a mensagem não poderia ser outra: o desempenho diferenciado de estudantes do Ensino Técnico quando é dado a eles a oportunidade de aliar ensino, pesquisa e extensão desde o Ensino Médio.

Gabrielly da Cruz Camilo, Giovanna Cássia Cardoso, Jéssica Daniella Cardoso, João Pedro Amaro Alves, Pedro Henrique Fortunato Pereira, Manuela Gracie Nicoliello, Jorbel Cirilo Junior, estudantes do Ensino Médio, e Thales Augusto Paletti Pomari, graduando do IFSP/Campinas, foram avaliados pelo público presente na Expo Ensino 2017, e o melhor trabalho será reapresentado no domingo (6/8), para julgamento de uma banca técnica.

Além do equipamento para medir a temperatura por meio de vestimenta e do equipamento clorador alimentado por energia fotovoltaica, os estudantes apresentaram o protótipo de uma tecnologia assistiva para auxiliar a alfabetização de pessoas cegas ou de baixa visão, um equipamento que realiza a medição da altura dos saltos verticais para ser utilizado em testes de impulsão de alunos na disciplina de educação Física e o uso de tecnologia forense para detecção de falsificações em imagens digitais.

 

MOSTRANDO A SUA CARA

Além das apresentações dos trabalhos, o IFSP/Campinas participa da Expo Ensino 2017, no Shopping Iguatemi, com um estande para apresentação de seus cursos e ações. Convidado para integrar a Feira, o instituto tem a oportunidade de ampliar a divulgação do Câmpus Campinas, localizado no CTI Renato Archer, centro tecnológico de referência no País.

Durante toda a programação, estudantes e professores também fazem visitas à Feira.

Já consolidado como um evento de conteúdo e prestação de serviços para pais e alunos, em sua quarta edição, a Expo Ensino 2017 acontece em dois momentos com perfis definidos. De 3 a 6 de agosto, o tema é Papo Cabeça, com a apresentação de universidades e centros de ensino de Campinas e região. Na semana seguinte, de 9 a 13 de agosto, será a vez da Expo Ensino Primeiros Passos, voltada para o ensino básico, incluindo o Ensino Médio, Técnico e Profissionalizante.

 

GALERIA DE IMAGENS DO EVENTO