Estudantes, professores e técnico-administrativos devem responder o questionário de autoavaliação institucional do Instituto Federal de São Paulo (IFSP) até às 23h55 do dia 8/12/2017 (próxima sexta-feira).

Respondendo ao questionário você contribui para o desenvolvimento do IFSP. Os dados obtidos por meio do questionário serão analisados pela Comissão Própria de Avaliação (CPA), gerando um relatório que será enviado ao INEP e divulgado a toda a comunidade.

A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) inaugurou a nova unidade da Escola Superior de Redes (ESR), em Campinas, em um evento realizado no dia 27/11. O novo espaço para capacitação na área de Tecnologia da Informação e Comunicações (TIC) será no Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI). A ESR já qualificou mais de 20 mil profissionais em todo o Brasil e oferece mais 50 cursos.

Segundo o diretor-adjunto da ESR, Leandro Guimarães, a primeira unidade que chega ao estado de São Paulo foi idealizada para oferecer a capacitação de maneira ainda mais próxima. “Havia uma grande necessidade diante da demanda de alunos paulistas que migravam para outras unidades da escola em busca de conhecimento. Identificamos, então, a necessidade de oferecer esse treinamento, com a mesma qualidade e agora facilitando o acesso”, comentou.

O Câmpus Campinas do Instituto Federal de São Paulo (IFSP) está com processo seletivo para um novo curso. São ofertadas 40 vagas para o curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio.  As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas entre 27 de novembro de 2017 e 1º de janeiro de 2018.

Assim como ocorreu nos últimos processos seletivos, a seleção será feita por meio de análise de histórico escolar, ou seja, não haverá prova.

Para se inscrever, o candidato deve realizar a leitura do edital, criar o cadastro no Portal do Candidato e preencher o Formulário de Inscrição e o Questionário Socioeconômico. 

Com alegria característica e trajes típicos da cultura capulana, professores de Moçambique convidados pelo Câmpus Campinas do Instituto Federal de São Paulo (IFSP) compartilharam, nesta sexta-feira (24/11), um pouco de sua identidade no evento denominado “Tarde Moçambicana”.

A atividade faz parte do programa “Diálogos em Internacionalização”, criado pela Coordenadoria de Extensão, e está em sua segunda edição. O objetivo desta vez foi promover a troca de informações sobre as políticas de educação e sobre a cultura de Moçambique, país africano que conquistou a independência em 1975 e que vem lutando pela preservação de suas tradições.

A 13ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) é uma realização do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada - IMPA - e tem como objetivo estimular o estudo da matemática e revelar talentos na área. Neste ano, seis estudantes do Câmpus Campinas do Instituto Federal de São Paulo (IFSP) foram selecionados para a segunda fase, sendo dois premiados com certificados de menção honrosa: Gabriely da Cruz Camilo - 2° ano do curso integrado ‘Técnico em Eletroeletrônica’ e Samuel Vicente Dias de Freitas - 1° ano do curso integrado ‘Técnico em Eletrônica’.

Esta é a segunda menção honrosa conquistada pela estudante Gabriely da Cruz Camilo, também premiada na edição 2016.

Campanhas deverão envolver comunidade acadêmica em diferentes temáticas

Identidade, pertencimento e cuidado. Esse é o tripé que deverá orientar as ações da Comissão para Práticas Sustentáveis, criada em outubro, no Câmpus Campinas do Instituto Federal de São Paulo (IFSP). A comissão tem como objetivo a proposição de campanhas que envolvam toda a comunidade acadêmica (professores, técnicos e estudantes), assim como instituições parceiras e a sociedade, para a valorização e proteção das estruturas compartilhadas pelo câmpus. 

A ideia é propor reflexões sobre temas que abrangem a identidade do câmpus, o sentido de pertencimento, convivência, relações em comunidade, responsabilidades e o cuidado com o bem público. 

Para marcar o Dia da Consciência Negra, celebrado na segunda-feira (20/11), o Câmpus Campinas do Instituto Federal de São Paulo (IFSP) e o Centro de Tecnologia da Informação – CTI Renato Archer realizaram ampla programação com o intuito de refletir sobre a diversidade étnico-racial. Ao longo desta terça-feira, diversas atividades atraíram a participação de estudantes, técnicos, professores e pesquisadores.

Valorizar a cultura e a diversidade é a proposta do Câmpus Campinas do Instituto Federal de São Paulo (IFSP), com a realização de eventos denominados “Diálogos em Internacionalização”. A segunda edição deste programa de extensão será realizada nesta sexta-feira (24/11), às 14 horas, com a “Tarde Moçambicana”. 

A atividade proposta pelo Câmpus Campinas terá a participação de seis moçambicanos: Ornila Sande, Atalia Saide, Telma Luis Nhantumbo, Faira Ibrahimo, Féliz Alexandre Nhambe e José Salinas Reginaldo.